As vezes a gente só precisa de um Haven Park

Gosto de como alguns jogos tiram a gente da realidade com situações corriqueiras. Somos facilmente fisgados por comportamentos básicos como caminhar e contemplar, por exemplo. Muitas vezes nem precisamos participar, apenas observar, de longe mesmo. Flint, uma criaturinha amarela e cabeçuda, recebe a missão de restaurar um tipo de parque anteriormente administrado pelo seu avô.… Continuar lendo As vezes a gente só precisa de um Haven Park