Hollow Knight sempre foi tão impressionante?

No começo de 2017, quando Hollow Knight foi lançado, tive meu primeiro contato com o jogo no meu PC da época. Devo ter jogado um pouco mais de uma hora, e nunca mais tocado no jogo desde então. Difícil recordar exatamente a razão, mas sei que não me senti atraído pela jogabilidade e o transparente… Continuar lendo Hollow Knight sempre foi tão impressionante?

As vezes a gente só precisa de um Haven Park

Gosto de como alguns jogos tiram a gente da realidade com situações corriqueiras. Somos facilmente fisgados por comportamentos básicos como caminhar e contemplar, por exemplo. Muitas vezes nem precisamos participar, apenas observar, de longe mesmo. Flint, uma criaturinha amarela e cabeçuda, recebe a missão de restaurar um tipo de parque anteriormente administrado pelo seu avô.… Continuar lendo As vezes a gente só precisa de um Haven Park

Pokémon “UNITE faz a força”

Pokémon UNITE é uma aposta muito promissora da Pokémon Company para o cenário MOBA. Em pouco tempo de jogo, você é fisgado pela temática Pokémon e conceito amigável. Diferente de algumas investidas mais genéricas da Pokémon Company, Pokémon UNITE é um diamante bruto, pronto para ser lapidado meticulosamente, temporada após temporada. O MOBA de Pokémon… Continuar lendo Pokémon “UNITE faz a força”

A temática “Mario + Rabbids” em um jogo de estratégia

Gosto um bocado de jogos de estratégia, mas nunca fui um jogador assíduo do gênero, então se você me perguntasse qual o meu jogo favorito, eu não saberia dizer, embora pudesse mencionar algo sobre o jogo mais recente jogado. Durante algumas jogatinas de Mario + Rabbids: Kingdom Battle no Switch percebi o quanto esse jogo… Continuar lendo A temática “Mario + Rabbids” em um jogo de estratégia

As vantagens de ser um bocó jogando Chariot

Dia desses jogando Chariot, fiquei um tanto encucado com a sua mecânica… O jogo tem uma mecânica inteligente e temática no quesito interação entre jogadores. A mesma foi pensada para dois jogadores, perdendo boa parte do seu brilho quando apreciada por um jogador. Em Chariot os jogadores são convocados a arrastarem pelas mais diversas catacumbas… Continuar lendo As vantagens de ser um bocó jogando Chariot

Relato de quem fez uma visual novel

Dia desses eu observei minha parceira jogando um jogo que eu havia desenvolvido alguns anos atrás… Foi uma experiência nostálgica e ao mesmo tempo estranha. Apesar do tempo, não senti que faltava algo naquele jogo, o que eu queria fazer, fiz. Quando pensei naquela história, ela era apenas um rascunho de um livro que eu… Continuar lendo Relato de quem fez uma visual novel

Olá!

Então… esse blog é e não é o Joguindie. Digo isso devido as mudanças de conceito como um todo. Durante seu nascimento o Joguindie foi um blog unicamente sobre jogos indie, depois passou a abraçar o mundo e talvez aí as coisas tenham desandado. Hoje em dia não sou mais aquele grande fã de jogos… Continuar lendo Olá!

publicado
Categorizado como Bastidores