[Prévia] Holodrive é um promissor shooter brasileiro

em Prévias por

O estúdio brasileiro BitCake, atualmente localizado no Rio de Janeiro, demonstra seu potencial em Holodrive, anteriormente conhecido por Project Tilt, um shooter 2D multiplayer de ritmo acelerado disponível gratuitamente em acesso antecipado no Steam.

Indo direto ao ponto, Holodrive é um jogo divertido à beça, admira tamanha qualidade de entretenimento alcançada pelo estúdio BitCake. Já no tutorial você é contagiado pela simplicidade das mecânicas e sua incrível execução. A leveza de manusear uma arma e sair por aí atirando provoca uma sensação libertadora que poucos shooters triple-A conseguiriam tal proeza.

O jogo consiste basicamente em troca de tiros entre outros jogadores, algo despretensioso assim mesmo, todavia seu diferencial está no aproveitamento criativo das influências extraídas de Team Fortress 2, Quake e até Mario Kart, propondo partidas surreais conforme as habilidades dos envolvidos.

Em arenas meio labirínticas, você e até sete jogadores são despejados em pontos aleatórios, durante os primeiros passos você começa a coletar armas, power-ups, e a ficar atento com a proximidade de alguém para não ser pego de surpresa. As arenas foram arquitetadas para deixar jogadores desatentos de peito aberto, e os mais atentos dentro de um encanamento próximo. A variedade de armas e power-ups constrói uma dinâmica mirabolante e divertida. Abusar do potencial de armas de todos os tipos e power-ups trapaceiros engaja jogadores em troca de tiros inesquecíveis.

Atualmente o jogo conta com uma boa quantidade de conteúdo desbloqueado via Holopacks, uma bugiganga holográfica que oferece itens aleatórios como armas, jetpacks e roupas. Através de um tipo de álbum você acumula seus itens como se eles fossem figurinhas, alimentando uma sensação de coleção.

Holodrive_Screenshot_10Embora Holodrive esteja em estágio avançado de desenvolvimento durante seu acesso antecipado, ainda será necessário maiores esforços dos desenvolvedores ao decorrer deste período. O jogo carece de melhorias na estabilidade dos servidores, avaliação de alguns conceitos de level design, polimentos, e algo aqui e ali para conquistar cada vez mais seu público.

O jogo é gratuito para jogar, mas oferece micro transações, felizmente nada abusivo e totalmente opcional.

Um cara de vinte e poucos anos apaixonado pelas coisas pequenas da vida. Desenvolvedor e ascendente escritor. É editor no Joguindie, seu maior xodó. Sua vida é repleta de coisas para fazer, pouco tempo para si, muito trabalho árduo e determinação. Gosta de jogar, ouvir músicas, ler quadrinhos, assistir filmes e animes, comer salgadinho, beber refrigerante, ficar em casa, e tantas outras coisas simples, mas valiosas para sua vida.

1 Comentário

Deixe um comentário

Mais recente em Prévias

Ir ao Topo