[Análise] Where is my Heart? retrata experiência de vida através de puzzles

em Análises/Console/PC por

“Todos nós já tivemos, de uma maneira ou de outra, experiências difíceis na vida.” — Paulo Coelho que o diga. Bernie Schulenburg, game designer da Die Gute Fabrik, passou por uma dessas experiências difíceis ainda criança, quando se perdeu dos pais em uma floresta durante uma caminhada. Essa experiência difícil provocou algumas mudanças pessoais na personalidade de Schulenburg, mas não foi de todo mal.

O adorável jogo indie Where is my Heart? lançado para PSP em 2011, é um puzzle de plataforma inspirado na experiência de vida de Bernie Schulenburg. O jogo é sobre a aventura de uma família de espíritos da floresta cuja vida confortável em sua árvore é comprometida após se perderem de casa. Where is my Heart? oferece uma experiência jogável única, seu mundo é partido em fragmentos diversificados que tornam puzzles básicos confusos e desafiadores.

Os níveis são arquitetados inteligentemente, tornando a passagem por cada um deles autêntica. A percepção do jogador é bagunçada de tamanha maneira que em alguns momentos, movimentos de posições relativas como esquerda e direita serão afetados, e é quando a narrativa do jogo brilha, transmitida através de sensações recorrentes de esquecimento da sua localização. Ao decorrer dos níveis, os espíritos tornarão a experiência mais dinâmica, possibilitando uma necessária manipulação do mundo e seus elementos para que determinado nível seja batido.

Quanto ao visual, Where is my Heart? não deixa a desejar, se beneficia de uma arte em pixel simples, mas peculiar, expressando perfeitamente a ambientação tranquila e caótica do mundo do jogo. Infelizmente há algumas limitações técnicas devido ao tamanho da tela do PSP, comprometendo algumas características da arte, como o nível de detalhamento dos pixels, que afeta o design primoroso dos níveis, embora nada muito alarmante.

As músicas e sons muitas vezes remetem a momentos de solidão serena em uma natureza desconhecida, traduzindo perfeitamente boa parte dos conceitos do jogo, encaixando como uma luva na atmosfera criada, colocando para fora todos aqueles sentimentos abstratos fieis da narrativa.

Where is my Heart? é um jogo simples e encantador desde sua essência, proporciona uma das aventuras mais relaxantes e agradáveis no velho portátil da Sony, e ainda por cima é um dos melhores jogos disponível no pouco explorado Playstation minis.

Um cara de vinte e poucos anos apaixonado pelas coisas pequenas da vida. Desenvolvedor e ascendente escritor. É editor no Joguindie, seu maior xodó. Sua vida é repleta de coisas para fazer, pouco tempo para si, muito trabalho árduo e determinação. Gosta de jogar, ouvir músicas, ler quadrinhos, assistir filmes e animes, comer salgadinho, beber refrigerante, ficar em casa, e tantas outras coisas simples, mas valiosas para sua vida.

Deixe um comentário

Mais recente em Análises

[Análise] Slayaway Camp

Slayaway Camp homenageia os filmes de terror clássico de maneira cômica através
Ir ao Topo