[Análise] O uso criativo da correspondência de cores em She Remembered Caterpillars

em Análises/Jogos Indie/PC por

À primeira vista um joguinho contemplativo, mas depois de alguns degraus She Remembered Caterpillars transparece o valor dos seus puzzles.

Em locais dominados por fungos você é um observador privilegiado com a capacidade de ordenar Mimigas, criaturas fofinhas representadas pelas suas cores vibrantes.

O objetivo do jogo é simplesmente levar as Mimigas de cada nível até algum ponto de saída, mas é como você vai fazer isso que exige raciocínio. O jogo é muito direto quanto ao funcionamento das suas mecânicas, fazendo você perceber rapidamente a função das cores.

Corresponder as cores é o princípio básico para visualizar as possibilidades imediatas, porém as mecânicas brincam com a sua percepção sempre que podem através da distinção das cores, interação com lagartas (travessias) respectivas, e o resultado da combinação entre duas Mimigas.

Boa parte da dificuldade dos puzzles está na arquitetura dos níveis, se os mesmos não tivessem sido feitos com certo cuidado, você provavelmente não seria instigado a mover Mimigas por eles simplesmente para deixá-las em pontos de saída. Você precisa interpretar como cada nível se relaciona com as Mimigas para conseguir direcioná-las corretamente até o seu objetivo.

She Remembered Caterpillars: A solução é simples, mas a concepção complexa.
A solução é simples, mas a concepção é complexa.

Os puzzles costumam ser razoavelmente difíceis, e boa parte das vezes competentes ao ponto de instigá-lo a pensar em soluções. Há momentos de frustração, como todo bom puzzle acaba proporcionando, mas quando você finalmente encontra a solução, aquela sensação prazerosa de dever cumprido faz todo o sofrimento valer a pena.

She Remembered Caterpillars tenta engajar o jogador um pouco além dos seus puzzles com uma história cheia de metáforas profundas sobre a vida ao início de cada nível, mas a falta de conexão com o que realmente está acontecendo quebra bastante do propósito.

Nem preciso prolongar sobre a parte visual do jogo, ela é maravilhosa, todavia ao avaliar os sons de forma geral, a sensação é um tanto incomoda devido aos sons irritantes e pouco inspirados na ambientação que está diante dos nossos olhos.

She Remembered Caterpillars é um jogo cujos puzzles são criativos o suficiente para instigar soluções objetivas e divertidas.

Um cara de vinte e poucos anos apaixonado pelas coisas pequenas da vida. Desenvolvedor e ascendente escritor. É editor no Joguindie, seu maior xodó. Sua vida é repleta de coisas para fazer, pouco tempo para si, muito trabalho árduo e determinação. Gosta de jogar, ouvir músicas, ler quadrinhos, assistir filmes e animes, comer salgadinho, beber refrigerante, ficar em casa, e tantas outras coisas simples, mas valiosas para sua vida.

Deixe um comentário

Mais recente em Análises

[Análise] Slayaway Camp

Slayaway Camp homenageia os filmes de terror clássico de maneira cômica através
Ir ao Topo