Mimpi Dreams

[Análise] Mimpi Dreams tem foco em puzzles com visuais fofo

em Análises/Mobile/PC por

Mimpi Dreams, feito pela desenvolvedora de jogos para dispositivos móveis Silicon Jelly trata-se de uma sequência do mesmo chamado simplesmente Mimpi. Ele foi lançado primeiramente para iOS e em seguida para desktops com Windows, Mac e Linux no Steam.

O jogo é do gênero plataforma, com grande foco em puzzle. Como ele foi feito com a tela de toque em mente, grande parte dos elementos das fases visivelmente são adaptados, quando se está jogando a versão para desktop. É possível jogar usando controle ou mouse e teclado. Pessoalmente, eu preferi o teclado com mouse, porque, com o controle, o jogador é obrigado a usar o segundo analógico como “cursor” e é muito mais difícil fazer movimentos finos usando-o.

Durante as fases, você encarna um cachorro branco chamado Mimpi que passeia por aí coletando ossos e ajudando animais em apuros. Os cenários são bastante criativos e variados, dividindo-se em vários trechos cada um com um tema, como floresta, eletricidade e oceano.

O elemento mais divertido do jogo sem dúvidas são os quebra-cabeças presentes por todo o canto. Além dos ossos, o protagonista canino de Mimpi Dreams também coleta durante sua jornada lâmpadas com dicas para resolver os puzzles. Essa mecânica, apesar de adicionar mais coletáveis, de certa forma deixa os quebra-cabeças citados anteriormente fáceis demais e tira um bocado da graça da experiência da jogatina.

Apesar da simplicidade, os cenários escondem quebra-cabeças bem divertidos.
Apesar da simplicidade, os cenários escondem quebra-cabeças bem divertidos.

Ao andar por aí você também pode encontrar eventualmente roupinhas, que Mimpi veste e pode colecionar, geralmente sendo os figurinos relacionados ao trecho pelo qual se está passando.

Os gráficos são bastante simples, coloridos e têm um estilo “fofo”, mas surreal ao mesmo tempo. A música não é um dos pontos fortes, sendo que ela não varia muito durante o jogo e torna-se repetitiva com certa rapidez.

Mimpi Dreams é divertido, curto e agrada bastante pela sua criatividade nas fases e no visual. Não é um jogo muito difícil e funciona melhor nos dispositivos móveis em certas situações, mas continua sendo um bom jogo em seu porte para Desktops.

Um jovem ainda com seus 18 procurando seu caminho na vida. Fui introduzido ao mundo dos videogames bem tardiamente, com títulos clássicos da Nintendo (Super Mario, basicamente) emulados no meu computador. Só fui me tornar gamer quando ganhei meu primeiro console, um Wii. Meu amor pelos indies surgiu de jogos como Machinarium, Braid e FEZ, que eu descobri navegando a esmo pela internet. Gosto de comida mineira, sou fã de animação e amo jogar coisas como pebolim (totó, se preferir) e ping-pong.

Deixe um comentário

Mais recente em Análises

[Análise] Slayaway Camp

Slayaway Camp homenageia os filmes de terror clássico de maneira cômica através
Ir ao Topo