[Análise] Dreii é um elegante puzzle que conecta jogadores

em Análises/Console/Mobile/PC por

Solucionar puzzles é uma coisa mágica, além de exercitar o cérebro desperta agradável sensação de prazer, todavia imagine dividir essa experiência com outros jogadores, será que as soluções ainda seriam tão enriquecidas? Dreii algumas vezes responde com diversão, outras com frustração.

Através dos desktops, dispositivos móveis e consoles Dreii convida jogadores a solucionarem puzzles baseados em física. A ideia é propor uma experiência colaborativa entre indivíduos de cada plataforma.

O conceito dos puzzles adotado no jogo utiliza o equilíbrio durante a manipulação de objetos geométricos para construir estruturas estáveis que possam alcançar um ponto determinado. Através da movimentação de uma forma geométrica colorida é possível manipular objetos de acordo com sua vontade.

A simplicidade das movimentações torna a manipulação eficaz, bastando apenas selecionar o objeto desejado, porém a física por trás requer algumas dosagens de lógica. Dominar a movimentação de um ser geométrico desengonçado é uma tarefa razoável, compreender precisamente como objetos interagem entre si que torna todo processo desafiador. Uma bola posicionada com uma certa precisão em cima de outra bola consegue alcançar equilíbrio, mas outra bola em cima de ambas sem a precisão correta levaria ao desmoronamento. Dreii abusa da gravidade em situações assim, desafiando sem deixar a simplicidade.

Você pode reagir com palavras quando alguém pegar aquele objeto que você está manipulando.
Você pode reagir com palavras quando alguém pegar aquele objeto que você está manipulando.

O planejamento universal em vários aspectos propôs ao jogo uma maneira admirável de conectar jogadores. Literalmente é possível jogar com qualquer pessoa do mundo que esteja online no jogo naquele exato momento. Existem restrições entre plataformas, atualmente desktops (PC, Mac e Linux) e dispositivos móveis (iOS e Android) estão em uma mesma rede, diferente do PS4 e Vita. A conexão com outros jogadores é funcional, mas há algumas ressalvas na versão do jogo para PS4 e Vita, apresentando pequenos bugs, quedas de FPS e desconexões algumas vezes.

Resolver puzzles com outros jogadores ao redor do mundo parece uma ideia incrível, mas na prática é um pouco frustrante. Um exemplo clássico é quando você está com sua linha de raciocínio elaborada e pronta para ser executada, daí uma pessoa desconhecida entra no mesmo nível que você está e começa a ajudar ou até mesmo atrapalhar seu raciocínio, gerando chatos conflitos. Apesar de alguns escorregões na execução, observar como cada pessoa compreende os desafios é admirável, e além do mais, jogar com jogadores conhecidas demonstra o quanto a ideia é interessante. Talvez a possibilidade de restringir acesso ou mesmo a comunicação por voz ao invés de palavras rasas tivesse melhorado a experiência, mas pelo menos é uma ideia funcional em boa parte dos momentos.

Cada pessoa é representada por uma forma geométrica colorida.
Cada pessoa é representada por uma forma geométrica colorida.

O minimalismo onipresente do jogo é uma peculiaridade muito agradável na maioria dos detalhes, principalmente visuais por sua simplicidade e elegância. A distribuição de cores exclusiva a seres geométricos e momentos de conquista desenvolveu uma profundidade visual distinta. Infelizmente o mesmo não pode ser dito para os sons e trilha, cujo minimalismo acabou deixando sem muita relevância.

Dreii é um excelente puzzle baseado em física independente das ressalvas na execução. O conceito inteligente e o notável potencial ao priorizar a conexão entre jogadores é um diferencial interessante quando funciona de maneira menos intrusiva.

Um cara de vinte e poucos anos apaixonado pelas coisas pequenas da vida. Desenvolvedor e ascendente escritor. É editor no Joguindie, seu maior xodó. Sua vida é repleta de coisas para fazer, pouco tempo para si, muito trabalho árduo e determinação. Gosta de jogar, ouvir músicas, ler quadrinhos, assistir filmes e animes, comer salgadinho, beber refrigerante, ficar em casa, e tantas outras coisas simples, mas valiosas para sua vida.

Deixe um comentário

Mais recente em Análises

[Análise] Slayaway Camp

Slayaway Camp homenageia os filmes de terror clássico de maneira cômica através
Ir ao Topo